domingo, 25 de março de 2012

Mandar fotos por email para Grupos no Facebook


Sim, é possível enviar 1 foto, ou 1 grupo de fotos (álbum) para as ferreo listas do Facebook.

Aprendi isso algumas semanas atrás, observando (no Gmail) as mensagens de um colega nosso, ainda que não adquiriu o hábito de ocultar sua lista de destinatários.

Um detalhe importante:

- Facebook não aceita texto formatado.

Se você mandar foto no corpo da mensagem, links, negrito, itálico etc., o Facebook vai exibir uma sopa de letrinhas.

- As fotos devem ser Anexadas!

- O texto da mensagem deve ser sem formatação. No Gmail ou YahooMail, clique em "Remover formatação" e confirme ao receber o "warning".

Endereços de Email de alguns grupos no Facebook

Endereços de email que podem ser utilizados para enviar fotos para alguns grupos férreos no Facebook:

AFESB

373787522652067@groups.facebook.com

MRS

299227916813664@groups.facebook.com

Locomotivas do Brasil

209598825806364@groups.facebook.com

RFFSA

408023389211678@groups.facebook.com

Ferrovia Global

303415469725178@groups.facebook.com

EFDTC

236063566467860@groups.facebook.com

Amigos da CPTM

248740678482051@groups.facebook.com

Soc. Pesquisa e Preserv. Ferrov.

240733202685072@groups.facebook.com

Trens e Fotos

115286535262228@groups.facebook.com

Ferrovias Paulistas

261131630639805@groups.facebook.com

ALL

313783828673287@groups.facebook.com

— … ≠ • ≠ … —

Ferramentas &tc.



Limitando emails de notificação do Facebook


Ao fazer Amigos, Curtir mil coisas e entrar em vários Grupos, sua caixa postal começa a receber uma enxurrada de mensagens de "notificações" do Facebook.

Cada vez que alguém espirra -- inclusive o papagaio do amigo de um conhecido do vizinho do concunhado de um primo de um Amigo seu --, o Facebook imediatamente manda uma mensagem para sua caixa de email, notificando do maravilhoso acontecimento. Convenhamos, não precisava tanto. Menos...

Tratemos de desativar essa bomba relógio que promete inviabilizar sua caixa postal.

Lá no alto da página do Facebook, do lado direito, onde aparece SEU NOME | PÁGINA INCIAL | Setinha pra baixo

Clique na setinha (ou triângulo) para baixo, escolha "Configurações da conta"


Na página que se abre, olhe o menu do lado esquerdo:

Geral
Segurança
Notificações
etc.

Clique em Notificações.

Aparece uma página "Configuração de Notificações".


No meu aparece assim:

"Enviamos notificações sempre que as ações tomadas no Facebook envolverem você. Você pode alterar quais aplicativos e recursos podem lhe enviar notificações"

Altere isso! Depois de alterada a configuração, aparece isso:

"Envie-me atualizações importantes e e-mails com resumos em vez de notificações individuais por e-mail"

(Não lembro como aparecia antes)

— … ≠ • ≠ … —

Ferramentas &tc.


Grupos do Facebook


Grupos estão brotando que nem mato, no Facebook. Entrei em alguns, criei mais um, e parece que a turma dos trilhos gostou da ideia. Ao final de uma semana, já temos 11 grupos (pelo menos) relacionados ao ferreomodelismo e às ferrovias no Brasil.

Eis os grupos férreos no Facebook, que conheço até o momento:

ALL

http://www.facebook.com/groups/313783828673287/

Ferrovias Paulistas

http://www.facebook.com/groups/261131630639805/

Trens_e_Fotos

http://www.facebook.com/groups/115286535262228/

Soc. de Pesq. e Preserv. Ferroviária

http://www.facebook.com/groups/240733202685072/

Amigos da CPTM

http://www.facebook.com/groups/248740678482051/

Ferrovia Global

http://www.facebook.com/groups/303415469725178/

EFDTC - Dª Teresa Cristina

http://www.facebook.com/groups/236063566467860/

RFFSA

http://www.facebook.com/groups/408023389211678/

Locomotivas do Brasil (diesel)

http://www.facebook.com/groups/209598825806364/

MRS

http://www.facebook.com/groups/299227916813664/

AFESB

http://www.facebook.com/groups/373787522652067/

Página do Centro-Oeste

O recurso "Página" do Facebook ainda é pouco utilizado na área de Ferrovias & Ferreomodelismo. A Página do Centro-Oeste é uma experiência ainda no início, e vem sendo utilizada principalmente como alternativa (adicional) para registrar as atualizações do site VFCO, de modo a servir de "novo no site" para quem deseja acompanhar de forma automática -- basta clicar em "Curtir", para receber as notificações automaticamente.

http://www.facebook.com/pages/Centro-Oeste/260896443922998

— … ≠ • ≠ … —

Ferramentas &tc.


quinta-feira, 1 de março de 2012

O "chaveirinho" da TIM

Já vai para uns 2 ou 3 anos que andava de olho em qualquer notícia, dica, esperança de descobrir alternativa ao "brazilian way" de pagar caríssimo por péssimas conexões web.

Não, não encontrei o paraíso.

Apenas fiz um teste, hoje, com ajuda da Débora, que tinha um "chaveirinho" (Modem 3G), e me emprestou. É ruim, comprar (R$ 99,00) sem testar primeiro se a minha área dispõe de boa “cobertura”.

Oscilações de velocidade


(de 28 para 29 Fev. 2012)

15h25 ~ 18h08 - Velocidade razoável, não muito diferente da conexão de “1 Mega” por cabo. Vários softwares receberam atualização automática.
  • 16h37 ~ 17h35 - Autorizei (sem pensar direito) uma atualização do Java, que acabou ocupando a conexão durante 1 hora. No final, o “Discador” indicava 13,2 MB de downloads acumulados.
  • 17h37 ~ 17h57 - Colocada no site uma pasta com 375 arquivos (3,8 MB).
  • 18h08 - Abri o navegador durante a colocação no site de uma pasta com 751 arquivos, e a partir daí o FTP começou a apresentar falhas sucessivas. Fechar o navegador não fez voltar ao “normal”.
18h11 - Desconectei e reconectei pelo “Discador”, e ele indica conexão “EDGE”.

18h38 – Discador indica que a conexão passou para “HSDPA”.

18h48 – Discador indica conexão “UMTS”.

19h35 ~ 20h14 – Tentativa de colocação de uma pasta com apenas 12 páginas, porém 30 imagens meio “pesadas” (6,1 MB). Demora, falhas sucessivas. Desconectando e reconectando para “ver se melhora”. Sem resultado: continua sempre em “UMTS”. FTP indica velocidades bastante variadas, às vezes 8 KB/s, outras vezes até 200 KB/s (só que não parece funcionar: falhas sucessivas). Desisti dessa pasta às 20h14.

20h14 ~ 21h35 – Colocando outra pasta, 170 páginas (1,3 MB), sem imagens. Priorizando (no FTP) as páginas de até 8 KB. Páginas na faixa dos 5 KB enfrentam com mais facilidade o patamar de +/- 1 KB/s. Conexão em “UMTS”, direto.

21h37 ~ 22h01 – Colocando uma pasta de 260 páginas (1,7 MB), sem imagens. Conexão ainda em “UMTS”, porém andando, sem muitas falhas.

22h01 ~ 22h04 – Colocando páginas e fotos que tinham ficado pendentes, das pastas colocadas até essa hora. Aparentemente, a velocidade melhorou um pouco ou, pelo menos, já não aconteceram falhas de FTP.

22h12 - Desconectei o “Discador”. Desde as 18h esse negócio estava cansativo. E estava bem longe do limite diário de 80 MB, portanto esta não podia ser a explicação da lentidão, falhas etc.

23h24 – Conectando novamente. “Discador” indica conexão “HSDPA”. Colocando uma pasta após outra, sem problemas, mesmo a taxas de 30 ~ 50 KB/s (segundo o programa de FTP). Parece cedo para a TIM considerar que já fosse “outro dia” – na hipótese, improvável, de que a lentidão anterior (18h ~ 22h) fosse causada por estouro do limite diário de 80 MB.

23h51 – Sincronização geral (todas as pastas), por comparação de datas, termina apontando 4.205 arquivos colocados (impossível, salvo repetições), e zero falhas. O “Discador” indica uploads acumulados de 15 MB (desde as 23h24, creio eu).
  • Até aqui, a base local de comparação foi uma cópia parcial do site, contendo apenas 3.029 arquivos novos ou modificados desde 21 Nov. 2011 (46,8 MB). Portanto, de tarde e de noite devem ser sido colocados mais de 31 MB.
23h52 ~ 0h12 - Sincronização geral, agora usando como base local de comparação o site completo, com 8,6 mil arquivos distribuídos em quase 500 pastas e subpastas. A comparação com o site remoto foi feita em 18 minutos. Apontou a necessidade de colocar 245 arquivos. Isso, utilizando outro software de FTP.
  • No meio da tarde, essa mesma comparação (site completo) tinha durado 20 minutos, com direito a uma atualização simultânea do anti-vírus que, ocorreu silenciosamente durante o processo. Portanto, à meia-noite a velocidade era aproximadamente a mesma das 16h.
0h12 ~ 0h29 - Colocados os 245 arquivos (17 minutos).

0h31 – Verificando site Brasília.

0h35 – Concluiu que devem ser colocados 320 arquivos.

0h53 – Colocados os 320 arquivos no site Brasília.

Por que TIM?

Como uso muito pouco, a cada recarga os créditos vieram se acumulando.

Por isso, também, optei por usar o mesmo chip do celular -- para dar algum uso aos créditos acumulados.

Como não precisei comprar outro chip (R$ 10,00), e estou usando os créditos acumulados, até o momento não houve qualquer despesa.

É necessário ligar (creio que *222) para substituir o “Infinity Web” do celular (mais lento: R$ 0,50 por dia que usar) pela outra “promoção”, chamada “Infinity Web Modem” (1 Mbps: R$ 1,99 por dia que usar). Deixei por conta do expert, que fez isso num piscar de olhos; e logo em seguida chegou um SMS registrando a mudança.

O “Discador”

Ao colocar o Modem 3G na entrada USB do computador (Windows), o software existente no modem deflagrou a instalação do “Discador TIM”. No Linux, isso não aconteceu. Ignoro como age o software de um Modem 3G não pertencente a uma operadora específica. Também não sei como age o software atual da TIM: esse modem é meio antigo.

Feita a conexão, nenhum programa do Windows conseguiu encontrar. O jeito foi abrir Painel de Controle >> Opções de internet >> Conexões >> Configuração de rede dial-up, e desmarcar a opção “Nunca discar” – substituindo por “Discar apenas se não detectar rede” (tipo assim). A partir daí, o sistema começa a “ver” a conexão.

A todo momento – mesmo durante os mais furiosos downloads e uploads – o Windows diz que “a conexão está ociosa há mais de 20 minutos e será encerrada”. Isso, com prazo de 30 segundos para você clicar em “continuar conectado”. Fique atento, para marcar a opção que desabilita essa bomba relógio.

O “Discador TIM” apresenta mostradores com o tipo de conexão, downloads acumulados, uploads acumulados, e mais algumas opções, como consultar saldo de créditos, colocar mais créditos, e vários atrativos para a gurizada gastar dinheiro.
  • No site da TIM encontrei o link para download do “Discador” , e instalei a última versão, que além do tráfego acumulado, também indica a velocidade, momento a momento. Basta selecionar o fabricante e o modelo (que podem ser vistos no painel do “Discador” antigo). O fabricante do software só oferece versões Windows e MAC, mas com o nome do fabricante e o modelo, rapidamente encontrei links e tutoriais para o Linux.
Os tipos de conexão observados das 15h30 de Terça-feira (28 Fev.) até 4h da Quarta (29 Fev.), e cujo significado ainda não verifiquei:
  • HSDPA – parece a melhor velocidade
  • EDGE – parece a pior velocidade
  • UMTS – este varia bastante: a velocidade melhora, piora; às vezes causa muitas falhas, outras vezes não
Conclusão?

A velocidade verificada nessa experiência não chega a ser a mesma de uma conexão de “1 Mega” por fio, principalmente devido às oscilações, com queda acentuada durante todo o “horário nobre”.

O preço também não chega a ser atrativo: se usar todos os 30 dias, supera o de uma conexão por fio de “1 Mega”.

Tanto a TIM quanto as demais operadoras oferecem preços melhores de 3G em planos pós pagos, avulsos (sem venda casada):
  • Oi Velox 3G de 1 Mbps começa em R$ 49,90, franquia de 200 MB por mês (caindo então para 150 Kbps)
  • Claro oferece 3G de “1 Mega” a partir de R$ 19,90 com franquia de 100 MB por mês (caindo então para 100 Kbps)
  • Uma loja TIM oferece 3G a partir de R$ 49,90, supostamente com velocidade de 3,6 Mbps (tabela impressa na hora, em papel sem timbre) e limite mensal de 800 MB (caindo então para 100 Kbps)
  • Em outra loja TIM, é oferecido plano 3G de 1 Mbps por R$ 35,00 (não consta dos folhetos)
Considerando as franquias de tráfego, porém, não encontrei 2,4 GB mensais pelo equivalente a R$ 1,99 por dia.

Alô alô marciano

A função das lojas não é divulgar, e muito menos esclarecer. Ouço falar desse plano há tempos, mas foi difícil encontrar. Não há nenhum interesse em divulgá-lo. O esquema é vender pós pago. E mesmo pós pago “simples”, também não interessa muito vender. Interessa mais, vender pacotes “completos” (“venda casada”), cada um com “limites” que te empurram para o pacote seguinte. A cenoura pendurada sempre mais à frente do burro.

Em duas lojas TIM, por exemplo – uma, aparentemente em Marte, outra talvez em Andrômeda – recebi informações totalmente diferentes, e não assinadas. Numa, o “único” plano de web simples seria de R$ 35,00 / mês; porém “de boca”: não constava de nenhum folheto. Na outra loja TIM, o “único” plano de web simples, já começava em R$ 49,00 / mês; nessa, até que me deram um papel: uma tabela impressa na hora, a jato de tinta, em papel sem qualquer timbre oficial. Felizmente, ao conversar num “balcão” (shopping, rua) de outra operadora, um rapaz do “balcão” ao lado (TIM) teve a boa falta de educação, e se intrometeu na conversa:

– “Eu tenho” – era ele, não a TIM, quem tinha, segundo seu curioso modo de falar – “eu tenho 1 mega a R$ 1,99 / dia” etc.

Digo que era ele, e não a TIM quem “tinha”, porque de fato, ali falava (finalmente) o “usuário”, não o vendedor “treinado”. Se dispôs, até, a obter para mim o modem 3G pelo preço de R$ 99,00 (patamar aqui da região, segundo apurado nos últimos 6 meses). E é claro que não vou entregar o rapaz, que depois desses meses todos, resolveu a questão em 5 minutos, por pura falta de educação e absoluta impermeabilidade aos sucessivos “treinamentos”.

No tempo das diligências

Merecia um post sobre o PAC da ECT (os “Correios”). O rastreamento diz que “tentou” entregar no dia 4 Fev. 2012 mas... “destinatário ausente”. Não saí nesse dia, um sábado com céu de brigadeiro: fiz pão, faxina, capina no quintal.

Em breve: a arte da capina

Nova “tentativa” de entrega, segundo o site dos Correios, só no dia 20, mais de 2 semanas depois! Por coincidência, segunda-feira de Carnaval. Outras pessoas, esperando na fila, também sofreram “tentativa” de entrega de suas encomendas nesse dia. Opinião geral: “Ra rá rá, conta outra!” (Pela “explicação” recebida lá, o entregador estaria de férias; e outro entregador, de outra área, estaria “duplicando” áreas. Que chic!). Nenhuma nova “tentativa” até o dia 28, quando finalmente obtive o nº do registro postal, puxei o histórico no rastreador e fui lá  buscar. Resultado: objeto PAC despachado em 27 Jan., tive de ir buscar no CDD em 28 Fev., portanto 31 dias depois.

O CDD (centro de distribuição) fica em área “industrial”, longe de tudo, fora de qualquer roteiro (bancos, comércio, serviços etc.) que as pessoas costumam frequentar nesse horário. O “atendimento” deixou de começar às 9h, agora começa às 11h (e fecha às 16h). O representante de uma escola estava lá desde as 9h, porque não adivinhou. A escola fica aberta até 21h, de segunda a sábado, mas também foi vítima de “destinatário ausente”. Outros, chegavam, viam a mudança de horário, iam embora para voltar depois. Causos & causos, para passar o tempo no portão: duas encomendas para o mesmo endereço, no mesmo dia: uma entregue, outra com “destinatário ausente”. Tudo isso ao sol, do lado de fora, enquanto carros de entrega saem por outro portão (talvez com a sua encomenda).

Às 11h, abre-se o portão, a fila acumulada entra e segue até uma porta lateral e pega um longo corredor, no fim do qual existe um cubículo exíguo (10 pessoas bastam para encher, e a essa hora já havia 15). No canto do cubículo, um guichê bem pequeno, onde só 1 pessoa “atende” ao público. A cada atendimento, desaparece lá dentro.

O representante da escola foi atendido super-rápido: “aqui consta que saiu para entrega”. Então, tá.

— … ≠ • ≠ … —

Ferramentas &tc.